Postado em 16 de Agosto às 07h20

14.08 - Dia do cardiologista veterinário: Veja os principais problemas tratados pelo profissional

O nosso parabéns vai para a Dra. Paula, especializada em Cardiologia!
A cardiologia é uma das especialidades médicas mais famosas. Praticamente todos estão familiarizados com a importância deste profissional. O que poucos sabem, no entanto, é que os pets também sofrem com problemas cardíacos. É aí que entra o veterinário cardiologista.
Esse especialista atua em conjunto com outras especialidades para prevenir e tratar as mais diversas patologias que causam, direta ou indiretamente, alterações na forma ou na função do coração e as estruturas que auxiliam o seu trabalho. O diagnóstico precoce é uma das formas mais efetivas de garantir um tratamento de sucesso.
Quer saber um pouco mais sobre esse assunto tão importante? Continue a leitura e descubra o que faz um cardiologista dentro da medicina veterinária e quais são as principais doenças tratadas por eles!
O que é cardiologia?
É a especialidade que lida com o diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas ligados ao sistema cardiovascular, composto por:
coração: órgão responsável pelo bombeamento de sangue
artérias: transportam o sangue oxigenado do coração para o restante do corpo;
veias: levam o sangue de volta ao coração;
vasos linfáticos: responsável pela distribuição de linfa, líquido rico em células de defesa.
As alterações cardíacas estão normalmente ligadas ao processo natural de envelhecimento e atingem mais os cães do que os gatos. No entanto, outras doenças também podem causar esses problemas.
Quais são as atribuições de um veterinário cardiologista?
Esse profissional é o responsável por fazer e interpretar os mais diversos exames relacionados às doenças cardíacas. Alguns dos principais testes são:
? eletrocardiograma: auxilia na identificação de arritmias;
? ecocardiograma: avalia as estruturas do coração e o seu funcionamento;
? ecodopplercardiograma: é uma versão mais aprofundada do ecocardiograma, que permite a análise de estruturas ainda mais específicas;
? holter: sua função é monitorar, por cerca de 24 horas, os batimentos cardíacos do animal.
Outras tarefas muito importantes, como a mensuração da pressão arterial e das taxas de colesterol no sangue, auxiliam os cardiologistas no diagnóstico desses problemas.
Como podemos perceber, o veterinário cardiologista é essencial para garantir que nossos amigos continuem saudáveis e vivam por muitos anos ao nosso lado. Por isso, se surgir algum sintoma, procure um veterinário cardiologista o quanto antes.
E para tirar todas as suas dúvidas, entre em contato com a CIAVET que iremos esclarecer suas dúvidas!
Nos acompanhe nas redes sociais @ciavetchapeco

Veja também

Como evitar que meu gato fuja02/04/20 Especialmente à noite, os gatos gostam de fazer excursões fora de casa por diferentes motivos, pode ser o instinto de caça ou busca de felinos do outro sexo. Estas saídas podem ser perigosas para nosso animal, por isso, neste artigo damos resposta à pergunta como evitar que meu gato fuja. Castração Muitos dos gatos que escapam e fogem de seu lar fazem-no para......
FeLV: sintomas, transmissão e tratamento.24/02 A Feline leukemia vírus - FELV é o nome da chamada leucemia felina. Trata-se de uma infecção advinda de um vírus, que é contagiosa. O diagnóstico precoce é a melhor forma de evitar......
Comportamento: seu cão sofre de ansiedade de separação?17/05 Pets que são muito apegados a seus tutores podem sofrer de ansiedade ao ficarem sozinhos em casa. Gatos geralmente conseguem passar mais tempo sozinhos, mas os cães são os que mais demonstram dependência e isso reflete em seu comportamento. O ?mau?......

Voltar para Blog