Postado em 06 de Julho às 09h53

Riscos da pressão alta em pets

A hipertensão arterial sistêmica, mais conhecida como pressão alta, é uma enfermidade silenciosa que também acomete cães e gatos, que pode ser provocada por várias doenças e apresenta graves riscos para a saúde do bichinho.

Em pets, a pressão alta geralmente é secundária a alguma afecção sistêmica, sendo comum estar mais relacionada a doenças renais crônicas, hiperadrenocorticismo, hipertiroidismo e diabetes mellitus, e pode provocar lesões em outros órgãos como cérebro, rins, coração e olhos.

Por isso, a avaliação periódica, realizada por meio da mensuração da pressão arterial, é muito importante para o diagnóstico de doenças renais, endócrinas e cardíacas, além de ser fundamental durante toda monitoração anestésica. O indicado é que esta avaliação seja feita anualmente em animais com mais de 5 anos de idade e, a cada 4 meses, em animais acima dos 8 anos de idade.

Com o diagnóstico precoce da hipertensão, o médico veterinário investiga a causa para poder iniciar o tratamento juntamente com o da doença primária. Existem vários tipos de medicações diferentes para diferentes casos, por isso é indispensável que o tratamento seja acompanhado desde o início para garantir que o medicamento correto esteja sendo utilizado.

Veja também

Quantas vezes por dia devo alimentar meu gato02/04/20 A quantidade total diária de alimento a ser oferecida ao gato adulto deve ser fracionada no mínimo em 2 refeições. Já para o filhote é recomendável fracionar a alimentação em 3 ou 4 refeições. Tanto para o filhote quanto para o adulto, como outra opção, pode-se adotar a alimentação por livre escolha, ou seja,......
Gatos e sua bola de pelo: saiba como e por que ela se forma08/12/20  Como sabemos, os gatos são animais extremamente limpos. Acontece que, diferente dos cachorros, eles mesmos costumam cuidar da sua higiene ao se lamberem. Para isso, eles contam com uma língua áspera, capaz de remover a poeira e os......
Doenças cardíacas em cães e gatos08/06 Apesar de ser mais comum em cachorros pequenos, como pinscher, poodle e yorkshire, problemas no coração afetam cães de todas as raças e tamanhos. Na maioria dos casos, essas doenças são hereditárias, mas também podem ser ocasionadas pela má alimentação e......

Voltar para Blog

Fale conosco!