Postado em 08 de Dezembro de 2020 às 09h31

10 alimentos que o cachorro não pode comer jamais

Dicas e Cuidados (34)Cachorros (26)

 Você está lá, comendo feliz e contente, e aí o seu cachorro para do seu lado e fica com aquele olhar pidão. Difícil resistir ao olhar dele né? Mas acredite: muitas vezes é preciso! Isso porque há vários alimentos que fazem mal para o seu doguinho, e embora o impulso de agradá-lo seja grande é preciso não sucumbir a essa vontade para o próprio bem dele! Quer saber quais comidas e bebidas devem ficar bem longe do pote de ração? Veja a esta lista!

1. Café
A cafeína é realmente perigosa para o seu pet, já que atua diretamente no seu sistema nervoso. Com isso, pode gerar desde hiperatividade até tremores. Assustador, né? Então melhor deixar tanto o cafezinho quanto o chá e o mate bem longe do seu cachorro.

2. Chocolate
Muita gente sabe que não se deve dar chocolate para os cachorros, mas nem todos estão cientes do porquê. Além de também ter cafeína o doce possui teobromina, substância encontrada no cacau que causa intoxicação nos animais. Sem falar que o açúcar pode tornar o seu cão obeso ou até mesmo diabético. Por isso, esqueça o chocolate e qualquer outro tipo de doce.

3. Abacate
No caso do abacate, a substância maléfica se chama persina. Essa toxina não causa mal-estar aos seres humanos, mas é perigosa para os cachorros. Sua ingestão pode causar problemas intestinais, como diarreias e vômitos.

4. Massa crua
Tanto a massa de bolo quanto a de pães é extremamente perigosa para a saúde do seu cão. Isso porque na levedura há um processo de fermentação alcoólica, e o álcool pode causar uma intoxicação séria no seu pet. Por isso, jamais dê uma provinha do que você está preparando a ele.

5. Uvas
Uvas também entram na lista de alimentos que o seu cão não pode comer jamais! Elas possuem componentes que são tóxicos para esses animais, causando falência renal. O mesmo vale para uvas passas, viu? Então fique bem atento, porque apenas 6 singelas uvas podem fazer um estrago enorme.

6. Macadâmia
Ok, nem todo mundo come macadâmia, mas ainda assim o alerta é importante. O consumo dessa noz pode fazer o seu pet sofrer com problemas diversos, como fraqueza muscular, depressão e vômito. Lembrando que às vezes a macadâmia está em biscoitos ou outros alimentos, então é preciso ficar atento aos ingredientes antes de permitir que o seu cachorro coma qualquer coisa.

7. Cebola
A cebola possui dissulfeto de n-propil, que pode reduzir a capacidade do corpo do seu cão de transportar oxigênio pelo corpo. Com isso, o seu doguinho pode sofrer com anemia, que por sua vez gera fraqueza, falta de apetite e até desmaio. Em casos mais extremos, é possível até que ele precise de uma transfusão de sangue.

8. Leite
O leite acaba entrando numa categoria intermediária, já que não é 100% proibido, mas é realmente melhor evitar. Isso porque a intolerância à lactose é bem comum em cachorros, podendo gerar vômitos, problemas de estômago e diarreia.

9. Alho
A presença de tiossulfato faz com que o alho também se torne um ingrediente proibido a cães, já faz o seu pet ficar anêmico. O caso é mesmo do da cebola, e por isso alimentos com esses temperos devem ficar bem longe do seu animal de estimação.

10. Alimentos gordurosos
Sabe aquela pizza deliciosa do fim de semana? Ou a batata frita crocante que dá água na boca? Pois é, tanto esses alimentos como todos os que forem gordurosos devem ficar bem longe do seu cachorro. Frituras e gorduras em geral podem gerar pancreatite no seu doguinho, inflamação no pâncreas que é seríssima! Na dúvida do que pode ou não dar a esse seu grande amigo, opte por rações, que são sempre a opção mais segura.

 A Ciavet cuida de quem você ama!


Fonte:https://www.casapraticaqualita.com.br/noticia/10-alimentos-que-seu-cachorro-nao-pode-comer-jamais_a1001/1

Veja também

Como tornar a viagem com meu pet mais segura14/12/20 Fazer uma viagem com o pet pode ser uma boa escolha, mas isso vai depender da maneira você vai conduzir esse momento. Estamos falando de um animal que, por mais esperto e treinado que seja, pode apresentar um comportamento inesperado diante de alguma situação de estresse. Seja de carro, de avião ou qualquer outro meio de transporte, seus animais de estimação,......
Latido em excesso: como ajudar o cão02/04/20 O seu cachorro anda latindo demais? Você sabia que isso pode acontecer por vários motivos? Isso mesmo! O latido do pet é o principal meio de ele expressar o que quer ou o que sente, por isso é preciso ficar sempre atento, pois o......

Voltar para Blog

Fale conosco!